A Ouvidoria Geral do Município se fez presente em mais uma ação importante para cidade. Como parte integrante do comitê técnico de combate ao racismo, participou do Wokshop interno do Programa de Combate ao Racismo Institucional - PCRI, evento promovido pela Secretaria Municipal da Reparação – SEMUR, ocorrido no dia 15.09, no Hotel Marazul, na Barra.

Por meio da Prefeitura de Salvador, em conformidade com a Lei nº 27.099/2016, a SEMUR oficializou a composição do seu Núcleo Interno, que têm como objetivo apoiar a execução das ações e decisões do Comitê, de forma a transversalizar as atividades do Programa de Combate ao Racismo Institucional - PCRI.

A OGM consente com a finalidade do programa que tem o propósito de envolver todas às secretarias, objetivando atender ao modelo de gestão atual voltado ao respeito à diversidade racial. Desta forma a OGM compôs o Núcleo Interno junto ao PCRI priorizando que a entidade preste o serviço adequado e garanta o atendimento pleno às pessoas em decorrência da sua origem étnica, cor ou cultura.

O Programa - O PCRI, Programa de Combate ao Racismo Institucional, visa capacitar gestores públicos para a promoção da igualdade racial e a formação de banco de dados com recorte racial nos diversos setores da administração pública municipal. O programa fez com que várias secretarias municipais se reunissem para discutir o racismo nos órgãos públicos. Foi implantado na Prefeitura Municipal de Salvador em 2005 e desde então, a Secretaria Municipal da Reparação é o órgão responsável em desenvolver ações de combate ao Racismo Institucional em todo o município e estabelecido por uma parceria entre o Ministério da Saúde (MS), o Ministério Público Federal (MPF), a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da igualdade Racial (SEPPIR), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e o Ministério do Governo Britânico para o Desenvolvimento Internacional (DFID), sob a supervisão da Agência Brasileira de Cooperação (ABC).