0
0
0
s2sdefault

Como parte integrante do esquema de suporte no carnaval, a Ouvidoria Geral do Município (OGM) registrou, em seis dias de festa, 8.688 demandas. Para os dias de trabalho foram disponibilizados postos fixos no Elevador Lacerda, Campo Grande e Barra, equipes itinerantes espalhadas por todos os circuitos, além da Central Fala Salvador 156 funcionando 24 horas. Para atendimento às demandas do público, a OGM contou com a colaboração efetiva dos órgãos operacionais que se utilizam dessas informações durante o evento.

Em relação a 2019, houve um acréscimo de 6,12% no número de atendimentos no Carnaval. Destaque para o aumento na quantidade de solicitações de serviço em 172,9%, característica do folião que sinaliza para os agentes da ouvidoria as demandas recorrentes nos circuitos da festa, a exemplo de fiscalização de Poluição Sonora, varrição das vias, lavagem de rua, fiscalização de ônibus e Mototáxis, dentre outros. Esse novo cenário se deve ao perfil da Ouvidoria mais presente e atuante na intermediação das demandas requisitadas.

Dos demais montantes, (55,1%) foram relacionadas a Informações/Orientações. Elogios somaram (34%), um aumento de 113,2% comparado a 2019, todos referentes à organização da festa e (1%) de reclamação, uma redução de (13,13%), também comparado ao ano passado e (4,3%) sugestões. Todas as demandas atendidas e verificadas imediatamente pelos órgãos competentes.

 “Neste Carnaval, consolidamos nosso trabalho. Esse novo cenário se deve ao perfil da Ouvidoria mais presente e atuante na intermediação das demandas requisitadas, fruto da colaboração efetiva dos órgãos operacionais. Em oito anos atuando no Carnaval, durante a gestão do prefeito ACM Neto, a Ouvidoria se consolida, de vez, como referência nacional em grandes eventos”, destaca o titular da OGM, Humberto Viana.

Demanda em números - Os órgãos mais demandados através dos agentes foram: Empresa Salvador Turismo (Saltur), com (59,6%); Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb), com (12,4%); Secretaria de Mobilidade (Semob), com (8,3%); Secretaria Municipal da Saúde (SMS), com (4,9%); e Guarda Civil Municipal, com (3,7%) dos registros.

Os serviços mais elogiados foram: organização do Carnaval, com (40,4%); acesso aos Circuitos, com (2,5%), Limpeza dos Banheiros Climatizados, com (4,8%), e limpeza dos circuitos, com (3,5%) dos registros.

Avaliação dos foliões por celulares e tablets - O folião presente no Carnaval de Salvador ainda pode avaliar os serviços municipais, até a sexta, (27), através do Opine+, no endereço eletrônico https://opinemais.com/carnavalsalvador. A Ouvidoria de Salvador utiliza a ferramenta de modo piloto como forma de avaliar os principais serviços municipais, a exemplo do trânsito, transporte, limpeza urbana, iluminação nos circuitos, dentre outros. Ao acessar, o cidadão será encaminhado a um breve questionário que poderá ser respondido de forma ágil e fácil.

 

0
0
0
s2sdefault